Saiba tudo sobre cirurgias minimamente invasivas

Atualizado: 29 de abr.


As cirurgias minimamente invasivas para a coluna são técnicas que permitem incisões menores em relação às cirurgias tradicionais. A primeira cirurgia do tipo foi realizada nos anos 80 e desde então a técnica tem evoluído e se mostrado uma excelente opção para diversas doenças da coluna como hérnia de disco, estenose, discopatia degenerativa e fratura vertebral.


O procedimento minimamente invasivo leva, geralmente, entre uma e três horas e o tempo de internação pode ser do tipo day clinic ou demorar um pouco mais (no máximo 2 dias), dependendo da cirurgia. As incisões resultantes desse procedimento são bem menores do que da cirurgia convencional, tendo entre 2 e 5 cm de comprimento.

Com a menor incisão, o paciente também fica com uma cicatriz menor, o que é uma vantagem estética. Mas essa é apenas um das muitas vantagens dessa técnica. Há menor perda de sangue e menos dano aos músculos e tecidos do corpo, além do menor risco de infecção. O tempo de internação é menor e a recuperação após o procedimento é mais rápida.

O Dr. Felipe Figueiredo atende adultos e crianças e é especialista em cirurgia minimamente invasiva para tratamento da coluna vertebral e terapias para controle da dor. Entre as técnicas podemos destacar a microdiscectomia percutânea, artrodese minimamente invasivas, microcirurgia para hérnia de disco, cirurgias para tratamento da escoliose e cirurgias de preservação do movimento.


#DrFelipeFigueiredo #CirurgiaDaColuna #CirurgiãoDaColuna #CirurgiaMinimamenteInvasiva #MedicinaDaColuna

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo