Volta às aulas - Cuidados com a coluna das crianças

Atualizado: 26 de jul.


Com o período de volta às aulas surgem sempre questões quanto à quantidade de peso que as crianças e adolescentes levam em suas mochilas. O recomendado é que o peso das mochilas não ultrapasse 10% do peso corporal do estudante. É importante levar isso em consideração na hora de comprar o material escolar e no dia a dia da criança, pois a Sociedade Brasileira de Ortopedia prevê que cerca de 70% dos problemas de coluna da fase adulta são causados pelo peso e esforço repetitivo na infância e adolescência.


Escolha uma mochila leve com alças largas e confortáveis para seu filho. O peso da mochila deve ser bem distribuído entre os dois ombros. Deve-se evitar carregá-la em uma só alça já que isso acarreta uma sobrecarga em um lado do corpo, o que pode causar desvios posturais. Outra boa sugestão na hora da compra da mochila é optar por aquelas que têm rodinhas desde que a altura do puxador seja a adequada para quem está levando.

Se seu filho anda muito curvado quando está com a mochila nas costas isso pode ser um sinal de que ele está levando coisas demais e que isso pode estar afetando a saúde dele. Em alguns casos, a dor pelo excesso de peso diminui a qualidade de vida e o rendimento do estudante e, em longo prazo, pode causar problemas como escoliose, hiperlordose e hipercifose.

Caso perceba que seu filho pode estar com uma dessas alterações posturais, procure o médico especialista, como o Dr. Felipe Figueiredo.


#DrFelipeFigueiredo #SaúdeInfantil #Coluna #DorNasCostas #Postura #Crianças #MedicinaDaColuna

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo